Meus Poemas-73

NOME DA IMAGEM

PASSANDO LINHAS.

Passando linhas apagando espaços,
Que sufocam e te trazem pesadelos,
És presa fácil dos teus próprios passos,
Age agora não fiques parado a vê-los.

Esta vida que levas ela te arrasta,
Para o nada, em caminho incerto,
Sombra da vida sem alvo nefasta,
Água que cai e se perde no deserto.

Podes encontrar um novo caminho,
Que traz à tua vida uma nova visão,
Certeza plena de nunca estares sozinho,
Aceita de Jesus Cristo, a Sua salvação.
Por: António Jesus Batalha.


NOME DA IMAGEM

MANHÃ.

Numa manhã radiante sopra a brisa,
Vem vento forte parece tempestade,
A guerra que muitas vezes se banaliza,
Semente que se não quer, mas precisa,
Pois prepara o terreno para a eternidade.

Peleja que pode vir do sul ou do norte,
Quem sabe, até pode vir do oeste,
Mesmo que a criatura não se importe,
Ela pode vir como vento muito forte,
Pode ficar muito sangrenta e agreste.

Enquanto tu viveres aqui na terra,
Sê confiante não fiques desesperado,
A semente que no coração se enterra,
Vai ajudar-te a vencer toda a guerra,
O Autor da semente está ao teu lado.
Por: António Jesus Batalha.


NOME DA IMAGEM

FRASE.

Vi uma frase correndo,
Para o verso encontrar,
Vi o poeta escrevendo,
Palavras que vinham rimar.

Dois versos ele juntou,
Depois ficou a pensar,
Faltam dois versos pensou,
Para a quadra acabar.

A arte da poesia,
É difícil de entender,
Muitas vezes é fantasia,
O que você está a ler.

Vagueia o pensamento,
Nas palavras se divertindo,
Ás vezes é o sofrimento,
Que o poeta está sentindo,

Outras é uma realidade,
O poeta chama à razão,
Para toda a calamidade,
Quer acredites ou não.
Por: António Jesus Batalha.

A Verdade Em Poesia, António Batalha,
Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,Meus Poemas,
Deus,Jesus Cristo,

Publicado em MEUS POEMAS-73 | Etiquetas , , , , , , , | 2 Comentários